Buscar
  • Equipe EVS

Intrusão de vapores: você sabe o que é?

Atualizado: 9 de abr. de 2021

Quando o assunto é gerenciamento de áreas contaminadas, uma das temáticas que mais tem conquistado espaço no cenário ambiental é o da intrusão de vapores. A intrusão de vapores é a migração de compostos químicos voláteis desde o subsolo até o interior de um edifício. A temática de intrusão de vapores vem tomando cada vez mais espaço dentro do Gerenciamento de Áreas Contaminadas.

A Intrusão de Vapores é um termo dado à migração da contaminação em fase vapor, que parte de uma fonte em subsuperfície e alcança ambientes em superfície como: porão, residências, estabelecimentos comerciais/industriais, entre outros. A imagem apresentada a seguir (IRTC, 2007) reporta o cenário descrito.


Fonte: ITRC (2007). Vapor Intrusion Pathway: A Practical Guideline

A fonte em subsuperfície, solo e/ou água subterrânea contaminados por Compostos Orgânicos Voláteis, libera massa do contaminante volátil para a fase vapor, a qual migra pela zona vadosa e atinge a superfície por meio de trincas no piso, fraturas, descontinuidades nas fundações, etc.

Esta invasão pode alterar a qualidade do ar ambiente e causar riscos à saúde humana e, ainda, em determinados casos, pode caracterizar riscos iminentes como o de explosão.

Como a investigação de vapores no solo ou no ar ambiente envolve inúmeros interferentes como variações da temperatura, direção e intensidade dos ventos, pressão, aspectos construtivos das edificações, volume de troca de ar, entre outros, a avaliação da intrusão de vapores é algo que se torna um desafio para a comunidade técnico-científica.

O órgão ambiental americano (USEPA) elaborou guias e procedimentos que evoluíram com o tempo, apresentando as ações e instrumentos para planejar e investigar vapores, indicando também medidas mitigadoras para eliminar e gerenciar os riscos existentes à saúde humana.

Atualmente, estes documentos estão disponíveis para consulta por toda a comunidade técnico-científica do mundo, conforme links abaixo:

* ITRC: http://www.itrcweb.org/GuidanceDocuments/VI-1.pdf * EPA: http://www.epa.gov/oswer/vaporintrusion/documents/OSWER-Vapor-Intrusion-Technical-Guide-Final.pdf

É importante salientar que existem inúmeras outras publicações sobre o assunto. Os livros a seguir apresentam um excelente aprofundamento sobre o tema.

* Draft for Evaluating the Vapor Intrusion to Indoor Air Pathway from Groundwater and Soils - Scholar's Choice Edition

https://amzn.to/2Gq5lyp

* EPA's Vapor Intrusion Database: Evaluation and Characterization of Attenuation Factors for Chlorinated Volatile Organic Compounds and Residential Buildings

https://amzn.to/2SRz74M

* Engineering Issue Indoor Air Vapor Intrusion Mitigation Approaches

https://amzn.to/2WZd6jE


No Brasil, estão em desenvolvimento dois grupos que discutem o assunto, sendo o NICOLE Brasil (http://br.linkedin.com/in/nicolebrasil) e o grupo de trabalho gerenciado por profissionais do próprio órgão ambiental estadual de São Paulo (CETESB). Nestes dois grupos, há profissionais dedicando-se ao desenvolvimento do tema, para que se possam equalizar os procedimentos e o conhecimento sobre o assunto, buscando a desmistificação e a solução dos casos brasileiros de intrusão de vapores.



Gostou no nosso artigo? Conheça um pouco mais o trabalho da EVS - Environmental Vapor Service www.evsvapor.com Acompanhe nossas redes sociais: Facebook: https://www.facebook.com/evsenvironmentalvaporservice/ Instagram: https://www.instagram.com/evsenvironmentalvaporservice/





144 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo